Era uma vez - Fábulas e Lendas: Setembro 2013

Olá, crianças!

17 de setembro de 2013

A história de um iceberg


Certa vez, havia um pequeno iceberg no longínquo Norte, que se tornou descontente com a vida que levava. Ouvira as focas contarem das belezas do Sul, onde as espelhantes águas do oceano se enrugavam e brilhavam à luz do esplendente Sol.
Um dia, uma foca lhe disse:
- Pobre iceberg, jamais poderá ver o que contemplei. Nunca poderá saber realmente o que são aquela luz e aquela alegria.
O pequeno iceberg começou então a murmurar.
- Meu filho - disse um idoso e sábio iceberg que o ouvia - creia-me, o bom Deus, que nos criou, aqui nos pôs para um propósito sábio. Pode não ser o seu desejo revelar-nos isto; contudo, se estivermos contentes com as circunstâncias que nos dizem respeito, Ele nos tornará felizes.
Então o descontente bloco de gelo afinal teve êxito em libertar-se e rumou para o Sul. Mas o pequeno iceberg enfrentou problemas. Ele procurou voltar, mas quando os raios de Sol incidiram sobre ele, o pobre bloco suou mais e mais até por fim desaparecer no solitário oceano.


Autoria desconhecida 


Se você conhece a autoria desta fábula, por favor envie-me para que eu possa dar crédito à mesma.

16 de setembro de 2013

O Leão e o Rato



Certo dia, estava um Leão a dormir a sesta quando um ratinho começou a correr por cima dele. O Leão acordou, pôs-lhe a pata em cima, abriu a bocarra e preparou-se para o engolir.

- Perdoa-me! - gritou o ratinho - Perdoa-me desta vez e eu nunca o esquecerei. Quem sabe se um dia não precisarás de mim?

O Leão ficou tão divertido com esta ideia que levantou a pata e o deixou partir.

Dias depois o Leão caiu numa armadilha. Como os caçadores o queriam oferecer vivo ao Rei, amarraram-no a uma árvore e partiram à procura de um meio para o transportarem.

Nisto, apareceu o ratinho. Vendo a triste situação em que o Leão se encontrava, roeu as cordas que o prendiam.

E foi assim que um ratinho pequenino salvou o Rei dos Animais.

Moral da história:
Não devemos subestimar os outros.